Toyota chega a 10 milhões de veículos híbridos vendidos. Quase nada deles no Brasil

Com sua economia fechada e, consequentemente, fora de sintonia com o mundo desenvolvido, o Brasil ainda não fala com seriedade sobre veículos ambientalmente corretos ou, pelo menos, mais eficientes. Enquanto isso, a Toyota comemora, essa semana, a marca de 10 milhões de veículos híbridos comercializados em vários países do planeta.

A principal estrela dessa linha de veículos híbridos é a família Prius, que responde por mais de 60% das vendas. “O registro ocorreu em 31 de janeiro deste ano e demonstra o avanço da tecnologia híbrida e seu poder de inserção na sociedade como solução viável para reduzir as emissões de gases de efeito estufa e outros poluentes”, informa a Toyota, através de sua assessoria de imprensa.

O Prius começou a ser fabricado em 1997. Desde então, a Toyota estima que a utilização de sua gama de veículos híbridos deixou de emitir aproximadamente 77 milhões de toneladas de CO2 e economizou mais de 29 bilhões de litros de gasolina, na comparação com automóveis convencionais de mesmo porte e estilo de condução.

A quarta geração do modelo, que chegou ao Brasil em junho de 2016, oferece um consumo de fazer inveja aos demais modelos convencionais: média de 18,9 km/l dentro da cidade, segundo a Toyota.

Veículos híbridos fazem parte de meta estratégica – Brasil tem participação insignificante

Em outubro de 2015, a Toyota anunciou o Desafio Ambiental Toyota 2050, por meio do qual estabelece uma série de compromissos e desafios que ajudam a reduzir os impactos negativos dos automóveis para o patamar mais próximo possível de zero. A Toyota tem posicionado as tecnologias híbridas como peça fundamental para o século XXI, pois englobam todos os componentes tecnológicos necessários para o desenvolvimento de carros ecologicamente amigáveis, desde os modelos elétricos até os movidos a célula de hidrogênio, facilitando o uso de diferentes combinações de combustível.

No Brasil, a Toyota e a Lexus (divisão de modelos de luxo da montadora) contam, cada uma, com um representante no mercado de veículos híbridos, mas a participação do país é insignificante no portfólio mundial da empresa. O Prius vendeu apenas 485 unidades no ano passado. Desde que o modelo começou a ser vendido em território nacional, no início de 2013, foram vendidas 1.139 automóveis.
O Prius é comercializado no País por R$ 126.600. Já a Lexus oferece o CT 200h em duas versões, a 200t (R$ 149.900) e a Eco (R$ 132.500).

Check Also

Carros elétricos

Célula de combustível, picape de resgate: os carros elétricos da Renault-Nissan

A Nissan e a Renault, empresas pertencentes ao mesmo grupo, têm empreendido louváveis esforços no …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *