VAMO
VAMO

Prefeitura de Fortaleza reduz tarifas do VAMO, serviço de carros elétricos compartilhados

A partir de hoje, 20/03, a Prefeitura de Fortaleza implanta novos valores de tarifas para uso dos Veículos Alternativos para Mobilidade (VAMO), serviço de carros elétricos compartilhados da capital cearense. A iniciativa, de acordo com a administração municipal, busca incentivar mais o uso deste novo modelo de mobilidade urbana na cidade. A mudança está concentrada no incentivo à rotatividade do serviço, já que as reduções afetam mais quem usa os carros por até três horas (veja os valores logo mais abaixo).

Desenvolvido pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito (PAITT), o VAMO foi lançado há cinco meses. A Prefeitura de Fortaleza não informou, em seu comunicado oficial, os números atualizados do serviço, mas afirmou ter constatado “a necessidade de estimular ainda mais as viagens, por meio de uma redução significativa da tarifa inicialmente adotada”.

O secretário-executivo de Conservação e Serviços Públicos, Luiz Alberto Sabóia, que também é coordenador do PAITT, explica que vários estudos foram feitos para chegar à redução das tarifas do VAMO. “A primeira fase do projeto estava especificamente focada no monitoramento qualitativo e quantitativo da utilização. Nesta nova etapa, a intenção também é avaliar a utilização com a perspectiva de aumentar futuramente as funcionalidades e a capilaridade do sistema na cidade”, afirma.

Na primeira fase do VAMO, os técnicos da Prefeitura e da Serttel, empresa responsável por implantar, operar e dar manutenção no sistema de carros elétricos compartilhados, avaliaram alguns aspectos como o desempenho dos carros quanto à autonomia da bateria, os tipos e perfis de usuários dos veículos, o método de carregamento nas estações, a resolução e o acompanhamento das dúvidas, a ocorrência de atos de vandalismo e a melhoria das funções do aplicativo.

Novas tarifas do VAMO

Segundo a Prefeitura de Fortaleza, a tarifação do sistema foi reduzida levando em conta o tempo de uso dos veículos. Com isso, o valor a ser cobrado dos usuários que tiverem Bilhete Único diminuiu de R$ 20,00 para R$ 15,00, referente aos primeiros 30 minutos de utilização. Este novo valor é indivisível, ou seja, do primeiro ao trigésimo minuto, o valor cobrado será fixo. Dessa forma, em até 3 horas de utilização, cada faixa de tempo terá sua respectiva taxa de valor indivisível. Somente a partir de 3 horas de uso é que será cobrado o valor de R$ 0,30 por minuto adicional. A partir de 5 horas, serão cobrados R$ 0,50 por minuto adicional. Resumindo, a cobrança se dará da seguinte forma:

– Para até 30 minutos de uso: tarifa foi reduzida de R$ 20,00 para R$ 15,00 (redução de 25%);
– Para até 1 hora de uso: tarifa foi reduzida de R$ 44,00 para R$ 20,00 (redução de 54%);
– Para até 2 horas de uso: tarifa foi reduzida de R$ 80,00 para R$ 30,00 (redução de 62%);
– Para até 3 horas de uso: tarifa foi reduzida de R$ 110,00 para R$ 35,00 (redução de 68%);
– Entre 3 horas e 5 horas de uso: tarifa de R$ 35,00, com acréscimo de R$ 0,30 por minuto adicional;
– A partir de 5 horas de uso: R$ 71,00, com acréscimo de R$ 0,50 por minuto adicional.

Além da redução na tarifa por tempo de uso, os valores da taxa mensal caíram 50%. Anteriormente, o valor cobrado era de R$ 30,00 para usuários cadastrados com Bilhete Único e de R$ 40,00 para os demais. Agora, serão cobrados R$ 15,00 para os cadastrados com Bilhete Único e R$ 20,00 para os demais. Conforme já vinha sendo praticado, o valor da taxa mensal continuará sendo revertido, integralmente, em crédito de R$ 20 para os usuários, sendo ou não cadastrado com o Bilhete Único.

Saiba mais sobre o VAMO

Para se cadastrar no sistema, os usuários devem fornecer o e-mail no site do sistema (www.vamofortaleza.com). É feita uma checagem da validade deste email e, após a confirmação, deverão ser enviados, também por meio do site, dados pessoais e fotos da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e do comprovante de endereço. Todas as informações serão verificadas pela operadora, que entrará em contato com o usuário para agendar hora, data e estação para a assinatura de um termo de responsabilidade e de um test-drive acompanhado de técnico da empresa.

Para fazer uso do sistema, por meio do site ou do aplicativo para smartphone, os usuários podem reservar qualquer carro elétrico disponível em uma das estações, tendo até 15 minutos para efetivar a retirada do veículo. Os veículos podem ser retirados todos os dias, das 5 horas às 23h59min. Já a devolução funciona 24 horas por dia. Além do benefício financeiro para os usuários que possuem Bilhete Único, os carros elétricos compartilhados podem estacionar nas vagas de Zona Azul gratuitamente.

Atualmente, a Prefeitura disponibiliza 20 carros elétricos, sendo cinco do modelo “BYD e6” e quinze do modelo compacto “Zhidou EEC L7e-80” (todas são de fabricação chinesa). A exemplo do que acontece com os sistemas de compartilhamento de bicicletas (Bicicletar e Bicicleta Integrada), o VAMO não traz nenhum ônus financeiro para a administração municipal. É todo baseado nas receitas vindas de patrocínio e dos usuários do sistema. Além da Serttel, responsável pela operação, o sistema tem o Hapvida Saúde como patrocinador e conta com o apoio da Enel Distribuição Ceará (Enel).

Estações do VAMO

– Igreja de Nazaré (Rua André Chaves, 177 – Montese)
– North Shopping (Rua Moreira de Souza, 58 – Parquelândia)
– Praça Luiza Távora (Av. Santos Dumont, oposto ao número 1546 – Aldeota)
– Shopping Center Um (Rua Barbosa de Freitas, 1100 – Aldeota)
– Shopping Iguatemi (Av. Washington Soares, 62 – Edson Queiroz)
– Praça Antônio Prudente (Av. Historiador Raimundo Girão – Meireles)
– Praça Martins Dourado (Rua Bento Albuquerque – Cocó)
– North Shopping Jóquei (Av. Lineu Machado, 419 – Jóquei Clube)
– Igreja Matriz da Parangaba (Rua Sete de Setembro, 218)
– Unifor (Av. Dr. Valmir Pontes, esquina com Av. Washington Soares)

Check Also

Gastos

Você sabe os gastos anuais para manter um carro? Veja estimativa que fizemos

As pessoas rodam com seus veículos e nem sempre levam em conta os gastos necessários …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *