Plástico e espuma ecológicos

Ford desenvolve plástico e espuma ecológicos fabricados com CO2 retirado do ar

Ford anunciou nos Estados Unidos o desenvolvimento de uma nova tecnologia para a produção de componentes de plástico e espuma sustentáveis para aplicação em veículos da marca. A técnica usa o dióxido de carbono (CO2) capturado no ambiente como matéria-prima de biomateriais capazes de atender os padrões da aplicação automotiva, conforme mostra este vídeo.

A nova espuma sustentável, produzida com até 50% de polióis (açúcares de álcool usados na indústria de polímeros) derivados de CO2, pode ser aplicada em bancos e capôs. O novo plástico, segundo a montadora, também tem grande potencial de uso em peças automotivas. A expectativa é que, dentro de cinco anos, o plástico e a espuma ecológicos fabricados sejam aplicados na produção de veículos da Ford. “Entre os seus benefícios ambientais está a redução do consumo de derivados de petróleo e das emissões de carbono, associados às mudanças climáticas”, diz Debbie Mielewski, especialista de sustentabilidade da Ford. Os pesquisadores da Ford estimam que o uso de carbono capturado ajude nas metas de longo prazo para redução do aquecimento global, definidas recentemente no acordo da ONU em Paris.

Clipboard02Biomateriais

Há cerca de duas décadas, os pesquisadores da Ford têm trabalhado com sucesso no desenvolvimento de materiais sustentáveis. Um exemplo é a espuma de soja, presente hoje em todos os carros da marca na América do Norte. Há também a aplicação de fibra de coco em forros de porta-malas, pneus reciclados e soja em capas de espelhos, camisetas e jeans reciclados em carpetes, além de garrafas plásticas recicladas no tecido da F-150.

A Ford começou a trabalhar com diversas empresas, fornecedores e universidades em 2013 na busca de aplicações para o CO2 capturado, como o plástico e a espuma ecológicos. Uma delas é a Novomer, com sede em Nova York, que usa o dióxido de carbono capturado em fábricas para a criação de materiais inovadores. Por meio de um sistema de conversões, ela produz um polímero que pode compor diversos materiais, como espuma e plástico, de fácil reciclagem. “A Novomer está entusiasmada com o trabalho pioneiro da Ford com nossos polióis baseados em CO2, chamados Converge”, diz Peter Shepard, diretor de negócios da Novomer.

Check Also

Fusion Police Responder

Ford lança Fusion Police Responder, híbrido para uso pela polícia norte-americana

A Ford apresentou nos Estados Unidos o seu primeiro carro híbrido desenvolvido especialmente para perseguições …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *