Kicks

Nissan apresenta o SUV Kicks em Fortaleza. Pre-venda do modelo começa dia 15

Em tempos de mercado retraído, algumas montadoras apostam no aumento do seu portfólio e em muitos lançamentos. Já outras, como a Nissan, preferem investir no reforço do marca e em diferenciação dentro da linha de produtos que oferece aos consumidores. Uma das patrocinadoras das Olimpíadas 2016, a empresa esteve em Fortaleza ontem e apresentou oficialmente o Kicks, SUV que está acompanhando a tocha olímpica em todo o seu trajeto pelo país. Para conferir detalhes do interior modelo, veja o vídeo:

nissan
A dupla medalhista olímpica de vôlei de praia Adriana Behar e Shelda, que conduziram a tocha em Fortaleza

“Queremos fazer dele o medalha de ouro do segmento”, afirma o presidente da Nissan do Brasil, François Dossa, aproveitando o mote dos jogos olímpicos – evento que, segundo ele, a marca patrocina pela primeira vez em sua história. A iniciativa, explica o executivo, faz parte de uma estratégia de reforço da Nissan no Brasil, mostrando que ela é a “mais brasileira das japonesas” presentes no País. Além dos jogos do Rio, ele destaca que a montadora apoia uma escola de samba na cidade e construiu uma escola em Resende, onde ela tem fábrica.

kicksO Kicks chega para atuar em um segmento que, mesmo com a crise econômica, continua se mantendo com bons números, que é o de SUVs compactos. E a explicação é simples: eles oferecem bom espaço, preço mais acessível em relação aos grandes (geralmente abaixo de R$ 100 mil) e o status que os consumidores brasileiros sempre sonham com um automóvel. A Nissan não informou valores nem expectativas de vendas, mas os modelos com os quais o Kicks deve concorrer ficam nessa faixa de preço.

Além do novo SUV, que deve ter pré-venda a partir de 15 de junho e chegará a rede de concessionárias em agosto, a Nissan aposta em medidas inovadoras como a oferta do seu famoso e eficiente câmbio CVT para o compacto March. O recurso também passou a ser oferecido no Versa, mas é no March que ele se destaca, já que não é comum, no Brasil, esse tipo de equipamento para modelos considerados de entrada.

François Dossa garante que essa é a estratégia da Nissan no Brasil a médio prazo: competir no mercado de SUVs compactos com o Kicks e reforçar o portfólio existente, composto pelo hatch compacto March, os sedans Versa, Sentra e Altima e a picape Frontier. Uma estratégia, vale ressaltar, que tem sido bem sucedida: no diversificado (e pulverizado entre muitas marcas) mercado nacional, a montadora é a 10ª colocada no segmento de automóveis e a 8ª no de comerciais leves.

Check Also

Carros elétricos

Célula de combustível, picape de resgate: os carros elétricos da Renault-Nissan

A Nissan e a Renault, empresas pertencentes ao mesmo grupo, têm empreendido louváveis esforços no …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *