Ford Expedition
Ford Expedition

Ford irá oferecer TV “a cabo” no carro – mas nos Estados Unidos

Que tal assistir a série favorita do Netflix durante uma viagem ou nos engarrafamentos cotidianos fazendo streaming em tempo real? Enquanto no Brasil o nosso medo é que limitem a banda larga fixa, a Ford dos Estados Unidos anuncia que, em 2018, o modelo Ford Expedition, um SUV de luxo comercializado por lá, vai sair de fábrica, em todas as versões, com essa tecnologia. Segundo a montadora, os modelos terão embarcado o aplicativo SlingPlayer. Ele permite a conexão, via 4G ou satélite, com o aparelho Slingbox, que fica instalado na casa do motorista.

Ford Expedition
Ford Expedition

Obviamente, o sistema pressupõe uma conexão banda larga móvel de qualidade e barata, coisa absolutamente impensável para os brasileiros mas que já é uma realidade para os norte-americanos. Não bastasse tudo isso, o Expedition suporta uma conexão wi-fi para até dez dispositivos de uma só vez. Os vídeos podem ser assistidos em monitores de oito polegadas instalados no encosto de cabeça dos bancos dianteiros. É possível ver até programas ao vivo, mudar os canais, tudo como se os usuários estivessem em casa. O controle é feito através de dispositivos móveis (tablets ou smartphones).

Além do streaming de vídeos, outras fontes, como leitor de DVD, HDMI, USB e cartão SD ou um smartphone Android com streaming Miracast, podem ser ligadas ao equipamento. É possível ainda transmitir vídeo para os monitores usando o aplicativo SmartStream em aparelhos compatíveis iOS ou Android.

Os passageiros da terceira fileira (o Expedition é um SUV gigante com capacidade para até oito pessoas) poderão optar por navegar na Internet ou também assistir os vídeos. O que estiver sendo exibido em qualquer uma das duas telas pode ser visto em até três dispositivos móveis ao mesmo tempo. Além disso, a entrada HDMI permite jogar videogames e as entradas USB também funcionam como ponto de carga para celulares.

O sistema inclui dois fones de ouvido sem fio, que podem ser emparelhados com qualquer uma das telas, além de entradas adicionais para os passageiros. Quando todos estão assistindo ao mesmo programa, há a opção de ouvir o som pelo sistema de áudio do veículo. As telas traseiras contam com três modos de controle: por botões de toque, por dois controles remotos ou por um aplicativo em smartphones iOS ou Android. O motorista e o passageiro da frente têm o controle do que é exibido nelas, por meio da tela do SYNC.

TV a cabo no Ford Expedition, fim dos CDs no Ecosport norte-americano

De acordo com a Ford, pesquisas mostram que um em cada três consumidores dos Estados Unidos, atualmente, ouve música em streaming. De olho nessa tendência, a montadora está substituindo o tocador de CD no Ecosport – o que é fabricado e vendido lá nos Estados Unidos – por tecnologias que permitem mais opções sob demanda.

De acordo com um relatório da Nielsen, o consumo de música digital, tanto por download como via streaming, cresceu 15% no ano passado. Já as vendas de mídias físicas, incluindo CDs, caíram 10% – os discos de vinil, em alta, são a exceção. Com isso, a IHS Automotive projeta que 46% dos veículos vendidos na América do Norte não terão tocador de CD em 2021.

Check Also

Ford anuncia investimentos para aumentar integração de carros e smartphones

A Ford está investindo em novos aplicativos para uso com o sistema de conectividade SYNC …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *