Ford e Citroën anunciam novos modelos de carros elétricos

As montadoras sabem que o futuro será feito de modelos não poluentes, por causa da preocupação cada vez maior dos consumidores com economia e sustentabilidade. Por isso, os lançamentos de modelos híbridos ou elétricos não param. Na última sexta, a Ford anunciou o novo Focus Electric, que chegará ao mercado no ano que vem. E a francesa lançou hoje o Mehari movido a eletricidade. Além disso, a Ford informa que pretende investir de US$ 4,5 bilhões até 2020 para o lançamento de 13 novos modelos nessa linha.

A parte triste da história é que por causa de uma política que tem privilegiado tecnologias desenvolvidas aqui, como o motor a álcool e o biodiesel, o Brasil, infelizmente está indo na contramão do mundo e não estimula os veículos elétricos, que têm custo inviável no país. Por isso, nenhum dos dois veículos anunciados tem como destino o mercado nacional.

focus1Focus Electric
Previsto para o mercado europeu e norte-americano, o veículo terá um sistema de carga rápida em corrente contínua capaz de repor 80% da energia em cerca de 30 minutos, cerca de 2 horas mais rápido que o Focus Electric atual, e autonomia estimada de 160 km. O novo modelo conta com um painel de LCD com múltiplas telas customizáveis para a visualização do consumo e aumento da economia de energia. Terá também um recurso inteligente que “ensina” a frear de forma suave para aumentar a eficiência do sistema regenerativo, que realimenta a bateria.

O novo Focus Electric é o primeiro da série de modelos que a Ford irá lançar. O plano de crescimento dessa linha, segundo a montadora, já está entrando em nova fase, passando a focar não nos veículos, mas nos consumidores. “O desafio daqui para frente não é quem fornece mais tecnologia em um veículo, mas quem organiza melhor essa tecnologia de forma a emocionar e surpreender as pessoas”, diz Raj Nair, vice-presidente executivo de Desenvolvimento do Produto da Ford.

“Observando os hábitos dos consumidores, podemos compreender melhor quais recursos eles realmente usam e valorizam para criar experiências ainda melhores com os carros elétricos.”
Além das tradicionais pesquisas de mercado, a Ford está investindo em estudos globais baseados em ciências sociais para observar como os consumidores interagem com os veículos, considerando os aspectos sociais, culturais, tecnológicos e econômicos que afetam o desenvolvimento dos produtos.

“Essa nova forma de trabalhar reúne marketing, pesquisa, engenharia e design de modo diferente para criar experiências significativas para os usuários, em vez de desenvolver tecnologias e recursos isolados que precisam ser integrados em um produto final”, diz Raj Nair. “Estamos usando novas ideias de antropólogos, sociólogos, economistas, jornalistas e designers, além das técnicas tradicionais de negócios, para reinventar nosso processo de desenvolvimento do produto, criar novas experiências e tornar a vida melhor para milhões de pessoas”.

Citroën e-Mehari
O modelo é inspirado em um ícone da marca, o Méhari de 1968. É um conversível de quatro lugares capaz de chegar a 110 km por hora e com autonomia de 200 km na cidade. Entre os atrativos tem dois tipos de revestimentos internos: um bege natural e um segundo vermelho-alaranjado, cuja impressão na parte central é inspirada no universo dos esportes aquáticos. Ambos são completamente impermeáveis. Por isso, o carro pode ser lavado por inteiro, dentro e fora, bastando um jato d’água.

Check Also

Picape Fiat Toro aparece em teaser da montadora para o filme Star Wars

Aproveitando o frenesi causado pela estreia do novo episódio da saga Star Wars, a Fiat …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *