Com foco no mercado dos esportivos, Audi Center Fortaleza consolida parceria com clube de aficionados desse segmento

Um olhar mais atento para o trânsito de Fortaleza vai permitir notar que, vez por outra, carrões com uma silhueta de linhas fortes e carrocerias mais próximas do chão estão cruzando as ruas. Trata-se dos superesportivos, uma das paixões dos cearenses que tem ganhado cada vez mais adeptos e cujo mercado anda completamente na contramão da crise, apresentando números crescentes de vendas.

Acompanhando essa tendência do mercado local, a Audi Center Fortaleza, revenda autorizada da marca alemã no Ceará, consolidou parceria com o Dream Cars Club, entidade que reúne mais de 70 aficionados por esses modelos. Como parte da iniciativa, a concessionária abriu suas portas ontem para que os membros do clube fizessem um dos seus encontros periódicos.

foto 1 - audi
Igor Nogueira, diretor da Audi Center Fortaleza, Raymundo Carlos, diretor do Dream Cars, e André Morais, gerente geral da Audi Center Fortaleza

 

R8
R8, o top de linha dos esportivos da Audi

A ação está inserida na estratégia da Audi Center Fortaleza de investir mais na linha dos superesportivos da marca. Como adiantamos aqui em Auto Blog Ceará, a atual loja será dedicada exclusivamente para eles, com a abertura de uma nova revenda na avenida Santos Dumont, ainda este ano. No encontro do Dream Cars, estavam expostos modelos dessa linha, que inclui bólidos como RS6, TT, RS Q3, SQ5 e o top de linha R8 – este último, um dos mais famosos do mundo por ter sido o carro do personagem principal do filme “Homem de Ferro”.

De acordo com Igor Nogueira, diretor da Audi Center Fortaleza, os superesportivos deverão representar pelo menos 10% das vendas totais da empresa no Ceará, em 2016. “Acreditamos que há potencial para chegar a até 20%, pelo desempenho que eles estão tendo”, afirma, destacando que a procura não se restringe à capital. “Clientes de grandes cidades do estado, como Juazeiro do Norte, Sobral e Iguatu também têm procurado informações sobre os carros”, destaca. A expectativa é de que o S3, que Auto Blog Ceará já testou, e o TT sejam os modelos mais vendidos.

S3
S3: modelo deve ficar entre os mais vendidos no mercado local

 

A parceria da Audi Center com o Dream Cars se dá principalmente através do patrocínio a eventos, como o Circuito Fechado, realizado no começo de outubro, em Recife, quando vários carros viajaram da capital cearense para correr no Aeródromo Coroa do Avião. Também há um projeto de realização de encontros periódicos do clube, sempre com apoio da concessionária. Segundo Raymundo Carlos Alencar, um dos diretores do clube, a curto prazo já está agendada a participação do Dream Cars em dois eventos: o 12º Festival de Arrancada do Norte Nordeste, no Autódromo Internacional Virgílio Távora, no dias 7 e 8 de novembro, e um encontro no condomínio Celebration Ville, no dia 21 do mesmo mês.

Ingo Fialho, diretor do Dream Cars, ressalta que a Audi Center é a primeira revenda a patrocinar oficialmente o clube em seus quatro anos de existência. Raymundo acrescenta que a parceria deve render frutos. “Hoje já existem oito modelos da Audi no clube e esse número deve aumentar”, acredita.

Saiba mais sobre o Dream Cars
Criado há quatro anos com apenas seis amigos apaixonados por superesportivos, o clube hoje tem mais de 70 membros e um acervo de uma centena de carros, com unidades de marcas como Audi, Porsche, BMW, Mercedes-Benz e Ferrari, entre outras. Realiza encontros dos seus membros todas as quarta-feiras, em diferentes pontos da cidade, e tem uma arrecadação mensal simbólica destinada a ajudar entidades filantrópicas.

Segundo Raymundo, apesar do clube reunir proprietários de modelos que facilmente chegam aos 200 km por hora, há regras rígidas entre os membros em relação à obediência às leis de trânsito. Ele afirma que nas viagens e passeios sempre são observados os limites de velocidade das vias. E também não são aceitas manobras perigosas com os modelos. “Nosso objetivo é curtir os carros, não é correr”, garante.

Outro aspecto interessante é que alguns membros usam seus carros no dia-a-dia dentro da cidade. “Só evitam o uso em algumas situações mais complicadas, como ir ao centro da cidade, onde é mais difícil manobrar. Mas fora isso, andam com eles em todos os lugares”, explica Raymundo.

 

 

 

 

Check Also

Feirão de blindados

Sucesso de feirão de blindados leva a mais uma edição do evento

O clichê de que é nas crises que se criam oportunidades materializou-se em um evento …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *