Sem idade para a aventura: casal de aposentados viaja o Ceará de moto

“Ligue seu motor
Pegue a estrada
Em busca de aventura
Qualquer uma que venha em nossa direção”

Essa é uma tradução livre para a primeira estrofe da música “Born to be wild”, tema do filme norte-americano Easy Rider, no qual dois motociclistas viajam em motocicletas Harley-Davidson pelos Estados Unidos. Tanto a música quanto a obra cinematográfica viraram ícones da liberdade associada à vida sobre duas rodas, na qual não importa idade, crença ou classe social para quem gosta de ganhar o mundo.

Embalados por esse espírito, o casal de aposentados cearenses Valdemir Farias e Myrna Costa, de 64 e 55 anos, respectivamente, há cerca de cinco anos tem percorrido estradas do Ceará e de estados vizinhos sobre uma Harley-Davidson Heritage (veja vídeo abaixo). O modelo é do tipo conhecido como “custom”, nome dado às motos com motores generosos, assentos confortáveis e apropriados para longas viagens no asfalto e muitos detalhes cromados.

Segundo Valdemir, a vida sobre duas rodas é uma paixão antiga e nunca abandonada mesmo após um grave acidente ocorrido há 20 anos e que o obrigou a andar somente de carro por um bom período. E guiar um modelo da montadora norte-americana Harley-Davidson, marca mais emblemática do motociclismo mundial, era um sonho. “Comecei rodando com uma Honda Shadow, mas há dois anos resolvi realizar esse sonho”, afirma Valdemir.

As andanças pelo Ceará já incluiram vários roteiros: Litoral Leste, Litoral Oeste, Sertão Central e serras. Na última, a disposição e a curiosidade os levaram até o Delta do Parnaíba, no estado vizinho Piauí, distante quase 500 km de Fortaleza.

Myrna destaca que as viagens são feitas sempre com calma, parando em vários lugares para conversar com os moradores, conhecer os hábitos locais. “Ele gosta muito de saber como as pessoas vivem em cada lugar”, explica ela, falando do marido. O cuidado com a segurança, principal influência de Myrna nas viagens, inclui medidas como o limite máximo de velocidade a 100 km por hora e a rodagem de até 500 km por dia, tanto para descansar quanto para garantir que eles não viajem à noite. Também é dela a maior participação na bagagem: praticamente tudo o que ocupa os dois alforjes de couro da moto é formado por suas roupas e acessórios (veja vídeo).

Aventuras e Rota 66

A vida na estrada rende muitas surpresas boas. Uma delas foi o encontro com um aventureiro turco que está viajando o mundo inteiro de moto e cruzou com eles em pleno interior do Ceará. Apesar da barreira da língua (o casal não fala inglês) a identificação entre motociclistas falou mais alto e rendeu uma boa conversa. “Ele nos contou sobre a viagem, tudo por mímica. Acabamos ficando amigos, nos adicionamos no Facebook”, diverte-se Myrna.

Para quem ainda estranha que um casal não tão jovem (em idade cronológica) tenha coragem e disposição para passar cinco, seis horas por dia andando sobre uma moto pelas estradas cearenses, Valdemir garante que cansaço é uma palavra que eles desconhecem. E avisa: as viagens pelo Estado são só um treino para um projeto maior e mais ousado. “Daqui a dois anos vamos fazer a Rota 66, um ícone dos motociclistas”, avisa.

A estrada a que Valdemir se refere é uma atração histórica dos Estados Unidos que recebe aventureiros de todo o mundo todos os anos para celebrar a liberdade, seja de carro ou de moto. Foi o cenário, inclusive, do filme Easy Rider. Se for percorrida em toda a sua extensão, pode chegar a quase 4 mil km.

Harley-Davidson

 

Check Also

Lego

Lego e BMW fazem parceria para fabricação de miniatura de motocicleta

Um modelo detalhado da BMW R 1200 GS Adventure desenvolvido pela BMW Motorrad e pela …

3 comments

  1. Um casal que nos estimula a viver bem e feliz. Adoro estar com eles. Ela minha prima de sangue, ele agora é meu primo do coração. Boa viagem sempre.

  2. Adorei a entrevista! Lindo casal. Sucesso !!!

  3. meus pais tem ate pagina onde narram as viagens q eles tb fazem em sua moto, moto essa q meu pai comprou com o dinheiro da aposentadoria, e agora so quer curtir a vida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *