Autop

Autop: feira cearense reúne empresas brasileiras e multinacionais

Fortaleza sedia, esta semana, a 15ª edição da Autop, feira de autopeças que reúne centenas de expositores, entre fabricantes de autopeças, motopeças e equipamentos e prestadores de serviços do setor. O evento, que termina amanhã, é um dos mais importantes da região Nordeste e recebe participantes de todo o Brasil.

Um dos pontos altos desta edição é a presença maciça de fábricas, que vieram através de parcerias com distribuidores locais. Segundo o Sistema Sincopeças/Assopeças do Ceará, responsável pela organização da Autop, a mudança teve como objetivo aproximar mais as indústrias, que geralmente têm sedes e operações nas regiões Sul e Sudeste, dos profissionais que atuam no Ceará ou no Nordeste. A iniciativa foi bem sucedida: dezenas de representantes de indústrias ouvidas por Auto Blog Ceará, enfatizaram que a 15ª edição da Autop está se destacando por dar oportunidade de fazer contatos.

Vale destacar, também, a parceria entre o Sistema Sincopeças/Assopeças e o Governo do Estado. A ZPE Ceará, que está aberta para receber investimentos de empresas interessadas em exportar sua produção, foi apresentada aos empresários participantes da Autop pelo assessor especial para assuntos internacionais do Governo, Antônio Balmann.

Além da geração de negócios, a Autop também tem como objetivo oferecer palestras técnicas para o público especializado. A feira conta com uma oficina modelo totalmente equipada para oferecer uma visão ampla e estratégica de negócio aos donos de oficinas: desde a parte estrutural e a disposição de produtos e equipamentos até o atendimento ao público.

Participantes de renome na Autop

Entre os expositores da Autop 2016 estão algumas das maiores indústrias nacionais e multinacionais do setor de autopeças como Schaeffler (Luk, Ina e Fag), Eaton, Dayco, Continental, Bosch, Urba Brosol, NGK NTK, Durametal, BorgWarner, Dana, Mann Filter, Mobensani, Tecfil, Tecnomotor e Schadek.

“Em 2014, tivemos um público de mais de 28 mil pessoas, entre executivos, empresários, profissionais que atuam no setor e estudantes ligados à área, e um volume médio de mais de R$30 milhões em negócios. Para 2016, nossa meta é ampliar o número de visitantes e gerar um volume de mais de 80 milhões de reais em negócios” esclarece Ranieri Leitão, presidente do Sistema Sincopeças/Assopeças (veja depoimento abaixo).

 

 

Check Also

Carros elétricos

Célula de combustível, picape de resgate: os carros elétricos da Renault-Nissan

A Nissan e a Renault, empresas pertencentes ao mesmo grupo, têm empreendido louváveis esforços no …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *