Audi supera seu próprio recorde em 2015 e cresce 40,4%

A Audi do Brasil fechou o ano de 2015 na liderança do segmento premium. De janeiro a dezembro, foram comercializadas 17.539 unidades, o que representa um crescimento de 40,4% em relação ao mesmo período de 2014. Apenas no mês passado, a empresa registrou 2.297 emplacamentos – crescimento de 66,2% sobre novembro –, superando seu próprio recorde de 1.942 unidades emplacadas, em agosto. É a primeira vez na história que uma marca premium alcança esse número no país. A família A3 Sedan também conquistou bons índices de venda em dezembro, com 909 unidades comercializadas.

“Estamos extremamente felizes em terminar o ano na liderança, conquistando um recorde histórico de vendas e dando sequência a um ano de bastante sucesso para a Audi no país. Apesar da crise, crescemos mais de 40% em 2015. Isso mostra que nossa estratégia tem sido acertada, e seguiremos por esse caminho neste novo ano que acaba de começar”, afirma Jörg Hofmann, presidente e CEO da Audi do Brasil.

O ano bem-sucedido da empresa é resultado de um trabalho iniciado no final de 2013, quando a Audi AG identificou o Brasil como um mercado-chave para o crescimento internacional da marca. Foi anunciada então pela Audi do Brasil sua estratégia, que consiste em investimentos em todas as áreas de negócio, como pós-vendas, marketing e na produção local. Esse planejamento já começou a dar resultados em 2014, quando a empresa cresceu 90% no país, o maior crescimento registrado entre todas as montadoras no mercado nacional.

Um dos grandes marcos para a Audi em 2015 foi a inauguração da linha de produção em São José dos Pinhais (PR). Em setembro, foi iniciada a fabricação do A3 Sedan 1.4 TFSI Flex no Brasil, primeiro carro da marca apto a rodar com etanol. Já em novembro, a versão 2.0 TFSI do modelo também começou a ser produzida.

A área de pós-vendas recebeu aportes de R$ 12 milhões para a inauguração de seu Centro de Treinamento e Competência Tecnológica, em São Paulo, e para a ampliação do Centro de Distribuição de Peças, na cidade de Jundiaí. Além disso, a expansão da rede de concessionárias também é um foco de grande importância para a Audi. No ano passado, foram inauguradas 10 lojas em diferentes estados, fechando o ano com 50 revendas. Em marketing, a marca promoveu ações importantes nas mais variadas mídias, recebendo investimentos recorde no ano.

A linha de produtos atualizada com o mercado internacional também demonstra o compromisso da Audi com os seus clientes do Brasil. No ano passado, a marca apresentou importantes lançamentos no mercado local, como a linha RS 6 Avant e RS7 Sportback renovada, a nova geração do esportivo TT e o A3 Sedan fabricado no país.

Em 2016, a marca inicia o ano com o pé no acelerador, com os lançamentos da nova geração do utilitário-esportivo Q7, que ficou mais moderno e tecnológico, dos reestilizados A1 e RS3 e do TTS, versão apimentada do cupê. Ainda no primeiro semestre será iniciada a produção nacional do Q3, um dos modelos mais vendidos pela Audi no país.

“Esperamos enfrentar um cenário desafiador em 2016, mas continuaremos trabalhando intensamente para cumprirmos a proposta de manter um crescimento a longo prazo, oferecendo produtos de qualidade e excelência no atendimento em vendas e pós-vendas. Nosso objetivo é manter o foco para que possamos vender 30 mil carros por ano até 2020”, completa Hofmann.

Check Also

Feirão de blindados

Sucesso de feirão de blindados leva a mais uma edição do evento

O clichê de que é nas crises que se criam oportunidades materializou-se em um evento …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *