Audi no Ceará: meta é espantar a crise e dar muito trabalho para a concorrência

Desde a inauguração de sua sede mais ampla e moderna, a Audi Center Fortaleza viu a presidente do Brasil ser deposta e um novo mandatário assumir, muitas especulações em torno de novas medidas econômicas por parte do Governo Federal e números nada animadores sobre a situação das finanças do país. Seria um cenário em que poucos apostariam em aumento de vendas e clientes dispostos a comprar – principalmente quando os produtos são veículos de luxo, com preços que podem chegar a um milhão de reais.

O que pareceu “ousadia”, no entanto, de acordo André Morais, gerente geral da concessionária, foi uma decisão baseada em muito planejamento e disposição para ir buscar os clientes através de vários recursos. “Pode ter parecido ate uma situação que beira o excesso de otimismo, mas não foi loucura”, garante ele (ouça áudio abaixo). Na sua avaliação, o que houve foi uma combinação de fatores que permitiram bons resultados.

 

Um deles é o fato de que nesse mercado Premium, há consumidores com poder aquisitivo para realizar o sonho de levar um Audi para casa. Eles só precisam de alguns incentivos. Aí, entrou o esforço da revenda. “Nosso showroom e o departamento de pós-venda estavam no gargalo. Mostramos ao longo de 2016 que melhoramos o atendimento, uma medida importante para fidelizar os clientes”, explica. Esse esforço para atender melhor inclui medidas como a abertura das lojas aos domingos e feriados. “Fazemos isso para atender aquelas pessoas que não têm tempo para vir com calma, trazer a família”, diz André.

Bons números

Como resultado, mesmo em tempos de crise a Audi Center Fortaleza conseguiu manter a média mensal de vendas do ano passado, de 28 a 30 unidades, e com um fator positivo a mais: parte desse número é composto por modelos das linhas de alto padrão S e RS, que custam entre R$ 400 mil e R$ 1 milhão. “Mantivemos a média, mas aumentamos o faturamento”, comemora.

Farbe: Sepangblau
Audi R8, superesportivo de quase R$ 1 milhão. Audi Center vendeu três unidades no Ceará no primeiro semestre de 2016

Ele também acrescenta outro detalhe importante. Por causa da sua linha extensa, que oferece desde o compacto A1 até o superesportivo R8, a Audi consegue atender uma grande faixa de consumidores. E tem obtido sucesso concorrendo até com marcas que não são Premium. O sedan A3, por exemplo, hoje disputa mercado com as versões top de linha do Corolla e do Honda Civic.

Para o próximo semestre do ano, período tradicionalmente melhor de vendas, a loja aposta na recuperação do mercado e em mais vendas. “Se a economia e a política ajudarem um pouco, a coisa vai deslanchar e vamos consolidar nossa liderança no mercado cearense”, promete André.

 

Edição do áudio: Andreh Jonathas, host e editor do Serifacast (soundcloud.com/andrehjc)

Check Also

Feirão de blindados

Sucesso de feirão de blindados leva a mais uma edição do evento

O clichê de que é nas crises que se criam oportunidades materializou-se em um evento …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *